C&W participa da Intermodal South America 2015

Contra fatos — e números — não há argumentos. No site Resenha Eletrônica, do Ministério da Fazenda, uma matéria do jornal Valor Econômico publicada em 2 de fevereiro revela que a Caixa Econômica Federal captou no ano passado pouco mais de R$ 1 bilhão para investir na compra de participações de empresas no segmento de logística, grande destaque no cenário imobiliário no fim de 2014. Segundo o último MarketBeat Industrial, divulgado pela Cushman & Wakefield, o mercado industrial absorveu cerca de 1 milhão de metros quadrados em condomínios logísticos.

Para serem competitivas, as empresas necessitam ter sua logística otimizada e por isso, buscam as melhores soluções em galpões, como as que serão apresentadas na Intermodal South America 2015, que acontece de 7 a 9 de abril, das 13h às 21h, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

A 21ª edição da feira marca a estreia da Cushman & Wakefield no evento. “A Intermodal nos coloca em contato com os maiores players do Brasil e do mundo, possibilitando maior intercâmbio de informações e desenvolvimento de relacionamentos que podem se traduzir em negócios futuros”, explica Mário Sérgio Gurgueira, diretor de Representação de Proprietários da C&W, que continua: “Nosso objetivo é divulgar a atuação da companhia, que comercializa galpões para logística, elabora estudos de viabilidade, gerencia propriedades e dá consultoria imobiliária comercial. Vamos também mostrar os empreendimentos que representamos, permitindo aos visitantes tomar conhecimento de espaços para locação”.

No estande de 45 metros quadrados da C&W, será disponibilizada uma pesquisa eletrônica em dois iPads.Neles os visitantes, após responderem algumas questões sobre a classificação do seu galpão atual, ficarão sabendo à qual classe de mercado o espaço pertence — classe A+, A, B ou C. “É uma maneira da pessoa saber se o imóvel que ocupa é de boa qualidade ou se podemos ajudá-la a localizar opções melhores”, finaliza Mário Sérgio.